A correta gestão de risco aumenta os lucros

gestao-de-risco-engepecas

Gerenciar riscos é uma atitude decisória que pode aumentar a produtividade e os lucros em uma obra. A palavra em latim quer dizer ousar. No conceito atual, a palavra envolve qualificação e também quantificação da incerteza, que implica tanto em perdas quanto ganhos, em relação aos acontecimentos planejados.

No contexto atual, as empresas que atuam na área de planejamento ou infraestrutura devem investir em um gerenciamento eficiente de riscos, pois além de aumentar a rentabilidade, os prazos e custos tendem a ser reduzidos, a fim de alavancar a lucratividade. Neste sentido, as construtoras que atuam na área ganharão competividade no segmento que atuam.

A gestão de risco acarreta em vários desafios ligados à área como, por exemplo, os contratos, o setor operacional da estrutura, a gestão de pessoas que envolve o relacionamento com fornecedores, parceiros, terceiros, além de riscos associados à qualidade, saúde, meio-ambiente, segurança, consórcio, entre outros fatores. Por isso, é fundamental que empresas avaliem cada ponto da sua estrutura, para investir de forma eficaz na gestão de risco, por meio de planejamento, organização e controle no seu segmento.

Quando feita de modo eficiente, a gestão de riscos auxilia em tomadas de decisões de forma segura, para viabilizar os investimentos e alocações de recursos de maneira planejada, e, assim, reduziria as perdas e os custos na produção, aumentando o faturamento.

De acordo com especialistas, uma das estratégias que podem ser realizadas é por meio da criação de um setor específico para atuar na área de gerenciamento de riscos, tendo a participação dos principais representantes da empresa.