Investimentos na infraestrutura do país

infraestrutura-brasil-engepecas

A Infraestrutura pode ser denominada como um conjunto de atividades que serve de base para o desenvolvimento de outra, sendo fundamental para o crescimento do país. Até algumas décadas atrás, por exemplo, a infraestrutura do Brasil era viabilizada por meio de gastos públicos. Esse cenário mudou com o tempo e, atualmente, conta com privatizações e parcerias, em que empresas nacionais e internacionais têm investido no país.

Neste contexto de desenvolvimento, a economia tende a ter impactos positivos de investimento em relação à infraestrutura no Brasil, é o que mostra a Pesquisa sobre os principais investimentos em infraestrutura no País até 2019, que foi elaborada pela Sobratema.

Um dos fatores é a redução dos principais gargalos que existem nas áreas que estão relacionadas à logística, e que dependem, em grande parte, de investimentos altos. Por isso, até 2019 estão previstos contribuições de recursos públicos e privados para várias áreas ligadas à economia como óleo e gás, transporte, energia, saneamento, entre outras. O valor do montante estimado pode chegar a R$ 1,17 trilhão, que será investido na infraestrutura do Brasil.

Além disso, o esperado é que a maior parte do investimento seja voltada para o setor de transporte, que, atualmente, é um dos mais complexos, por causar complicação no sistema logístico do Brasil. Espera-se que seja investido, em média, R$ 438,4 bilhões dentro do período de 2014 até 2019.

Neste sentido, outro setor que será beneficiado é o de óleo e gás com o valor estimado de R$ 319,5 bilhões. Além disso, o setor de energia deve receber investimento de R$ 191,7 bilhões. As obras de geração de energia, também, contribuem para o crescimento e impacto positivo, e as principais são: Usina Hidrelétrica de Belo Monte, São Luiz do Tapajós, Jirau e Santo Antônio.

Portanto, espera-se que a economia brasileira possa crescer e se desenvolver por meio dos investimentos financeiros, que devem ser aplicados de forma efetiva.